Nossos alunas e alunas de 09 aos 11 anos hoje trouxeram para nossa roda de Poesia o episódio da morte da menina Agatha e como eles poderiam agir para minimizar a dor dos familiares dela.
Resultado depois de roda de conversa sobre a violência que estamos envolvidos foi a feitura de cartas/ mensagens de apoio para a Família da menina Agatha.

É tão pouco sabemos, mas eles estavam angustiados e por isso foi solicitado que colocasse no papel essas angústia.

O que fazem com as nossas crianças é nocivo. Elas têm o direito de serem crianças e não crescer cheios de medo de serem vítimas por existir em um território de favela.

Trago aqui as palavras do aluno Willian: “Que no céu você seja protegida por ser criança. Aqui infelizmente a gente não encontra essa proteção. Pena que sua mãe vai sofrer, mas vamos cuidar dela aqui para você. Voe menina Agatha. Fala para Deus que eu não quero ir agora não.”

Voe Menina Agatha.

#moradornãoéalvo
#justiçaparaAgatha

Sarau de Poesia Apadrinhe um Sorriso – Justiça para menina Agatha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *